Personalizações




Adequar as características do produto às preferências do consumidor. Antigamente, o fabricante dividia seus clientes em grupos e produzia em massa para atendê-los. A personalização em massa foi a maneira que as empresas encontraram para oferecer melhores produtos a esse consumidor.

Com a personalização você produz exatamente o que ele quer. Produzir exatamente o que o consumidor quer reduz o risco de o fabricante ter de arcar com mercadoria encalhada. Para a empresa, é a chance de encontrar nichos ainda não explorados, ou que não satisfazem plenamente as necessidades do cliente.

Em alguns casos, ela só serve como chamariz, fruto de uma estratégia de marketing. Por outro lado, há casos de empresas que realmente agregam valor ao produto por meio da personalização. 

A tecnologia tornou possível a flexibilização da produção. Hoje, a mesma máquina pode produzir itens diferentes a um custo bem menor que há 20 anos. Outro ponto importante está no que tange à informação.

A personalização depende da interação com cada cliente. Isso só foi possível com o advento de tecnologias como a internet. No passado, seria impossível para a empresa se comunicar com tantos clientes. Hoje, isso deixou de ser uma barreira.




0 comentários: